2ª Delegacia de Polícia Civil de Santa Luzia é incendiada

2ª Delegacia de Polícia Civil de Santa Luzia é incendiada: A suspeita é que o incêndio tenha sido criminoso para eliminar provas

Na madrugada da última segunda-feira (02/11) a 2ª Delegacia de Polícia Civil de Santa Luzia foi incendiada, a suspeita é que o incêndio tenha sido criminoso para eliminar provas. Na delegacia continham mais de 800 procedimentos em papeis, como resultado de perícia, depoimentos, armas apreendidas e diversas provas de crimes, nem todos os documentos queimados foram digitalizados, uma vez que o PJE (Processo Judicial Eletrônico) iniciou-se em 2012.

A delegacia funciona nas dependências de um ginásio poliesportivo da prefeitura de Santa Luzia, em um lugar ermo e inapropriado para funcionamento. De acordo com o presidente do Sindpol/MG Denilson Martins, o sindicato avisou já há algum tempo a Administração Superior da Polícia Civil da fragilidade do local. “O Sindpol/MG fez inspeção sindical nessa delegacia e comunicou a Administração Superior de todos os problemas encontrados, entre eles a falta de segurança e péssimas instalações, do 2º DP e também da sede da regional”, afirmou.

O presidente Denilson Martins disse ainda que se reunirá mais uma vez com a Administração Superior da Polícia Civil para cobrar providências sobre o caso. Os policiais lotados naquela unidade estiveram presentes na manhã desta terça-feira (03/11) para trabalhar, mas estão sem um local de trabalho. “Esperamos que a delegacia seja transferida para outro local e não fechada, pois a população precisa dessa unidade funcionando. E o Estado precisa dar uma resposta forte e proporcional contra o crime organizado”, finalizou Denilson.

Na visão do presidente Denilson Martins o sucateamento crônico da Polícia Civil, deixado pelo governo anterior, continua deixando os seus graves reflexos ainda no governo Pimentel.