Limite de idade – Sindpol/MG participa de importante audiência

O presidente do Sindpol/MG, Denilson Martins, participou, na última quarta-feira (21/03), da audiência – atendendo a intimação do Juizado Especial de feitos da Fazenda Pública – em benefício do autor Alexandre de Melo Espírito do Santo e outros que são concursados do certame de 2008 barros no limite de idade, cargo que na época era de agente de polícia.

Essa audiência coroou uma luta do Sindpol/MG que se iniciou em 2008 e, ao longo desses 10 anos, com vários acordos junto a Advocacia Geral do Estado (AGE), que beneficiou mais de 300 policiais, que foram nomeados, empossados e mantidos em seus referidos cargos.

Segundo o presidente Denilson Martins, aqueles que ainda não puderam realizar o curso de formação na Acadepol por circunstancias alheias à sua vontade, foram retirados do curso de formação, uma vez que o Estado foi relapso e demorou em nomeá-los, e quando isso ocorreu eles já tinham completado 32 anos de idade, um certame que iniciou as suas fases ainda no ano de 2008, por tanto, a direção do Sindpol/MG têm patrocinado essas ações na defesa do interesse desses aspirantes a policiais, para que assumam suas funções em Minas, diminuindo assim o grande déficit de efetivo da Polícia Civil.

A audiência foi conclusiva, e uma nova tomada de depoimentos foi remarcada para o mês de abril.

É a direção do Sindpol/MG atuando sempre de forma intensa e incisiva na defesa dos direitos da categoria e de seus filiados.