Caso de abuso em hospital de Montes Claros

25 de janeiro de 2016

Caso de abuso em hospital de Montes Claros

Direção do Sindpol/MG aciona ouvidor de Polícia

Na sequência das ações por providência ao grave fato de violência policial, truculência e arbitrariedade ocorrido contra médica legista aposentada em Montes Claros, o presidente do Sindpol/MG Denilson Martins, se reuniu com o Ouvidor de Polícia Dr. Paulo Alckmin e despachou pedido de providência destacando detalhes do referido episódio. O ouvidor disse que já se reuniu com a representante do Ministério Público, da curadoria especializada nos Direitos Humanos e pediu sérias providências a respeito deste fato em detalhe, e que estava aguardando a manifestação legítima da parte ofendida ou da entidade de classe, que representa, para corroborar ainda mais com as apurações.

O presidente do Sindpol/MG Denilson Martins esclareceu que dado as gravidades das lesões sofridas pela vítima, o mesmo fez o contato nessa semana e já agendou o comparecimento da mesma na capital, o sindicato acompanhará todos os passos dessa apuração, sendo que a mesma é representada pela entidade. Denilson Martins esclareceu também que esse tipo de truculência e abordagem abusiva, tem sido recorrente por parte de policiais militares, quando a outra parte se identifica como policial civil, isso tem sido sintomático e precisa mudar. E o Sindpol/MG, como entidade de classe de maior representatividade na Polícia Civil, vem requerer as providências dos órgãos afins no sentido de atribuir responsabilidades e se evitar incidentes de maior gravidade e de proporções irreversíveis.

Veja ofício encaminhado