Direção do Sindpol/MG se reúne com AGE e encaminha providências para Polícia Civil juntamente com o líder do governo na ALMG

Direção do Sindpol/MG se reúne com AGE e encaminha providências para Polícia Civil juntamente com o líder do governo na ALMG

Na manhã desta segunda-feira (06/07), a direção do Sindpol/MG se reuniu com Dr. Onofre Batista, advogado geral do Estado e despachou com o mesmo o pedido de intervenção jurídica e anistia para os 242 investigadores atingidos pela medida de limite de idade, de 32 anos, e também contra as penalidades excessivas de cassação de aposentadoria, e ainda aquelas que na sua dosimetria desrespeitou a gradação própria. O objetivo do sindicato é resgatar o contraditório e o devido processo legal na ação correcional, além de fazer justiça a servidores que de uma forma ou outra foram e são prejudicados em sua defesa.

No caso grave da anulação de posse e nomeação dos 242 servidores por limite de idade, o presidente Denilson Martins reforçou também o risco para população que ficará desassistida de investigação criminal, caso essas anulações se confirmem.

Ficou acertado com o advogado geral do Estado, Dr. Onofre, e com o líder do governo na ALMG, deputado  estadual  Durval  Ângelo, que após a manifestação  do Chefe de Polícia, Dr. Wanderson Gomes,  o Governo  do Estado, através da AGE, irá interpor ação recisória, e naqueles casos específicos de transitado em julgado negativo, ainda há possibilidade de um projeto de lei de anistia para alcançar esses casos, pois a perda  desses cargos causará  um dano ainda maior para a população,  que necessita  desses serviços essenciais prestados por esses  servidores.