Indeferidos por limite de idade do concurso de agente de polícia 2008 se reúnem com a direção do Sindpol/MG

13 de julho de 2017

O presidente do Sindpol/MG Denilson Martins, o diretor jurídico Geraldo Chaves e o gerente jurídico, Dr. Ismael Fernandes, receberam ontem (12/7), a comissão dos concursados indeferidos, indevidamente, pelo limite de idade, do certame de 2008, do extinto cargo de agente de polícia.

A reunião foi agendada pelos interessados na nomeação, na busca de alcançar o mesmo critério utilizado pela Advocacia Geral do Estado (AGE), que homologou os acordos dos policiais do mesmo certame e tiveram as suas nomeações anuladas.

O presidente Denilson Martins se comprometeu mais uma vez em levar a reivindicação dos mesmos até a AGE, no intuito de formular um acordo processual que convirja para essa direção. O mesmo reforçou que foi uma vitória a celebração do acordo dos policiais que já se encontravam em exercício da função, fruto da boa vontade dos setores do atual Governo em solucionar o grave erro praticado pelo governo passado, em estabelecer limite de idade. Soma-se a isso a boa vontade da AGE em equacionar esse grave impasse, que tem plenas condições de também se estender a aqueles que não concluíram o processo de formação do certame.

O presidente e os demais diretores do Sindpol/MG, porém solicitaram aos mesmos, coerência e organicidade para que não sejam interpostos recursos jurídicos estranhos a esses que têm sido interpostos pelo Sindpol/MG, na tratativa com a AGE, Secretaria de Governo, Seplag e chefia de polícia, pois qualquer entendimento outro pode prejudicar o sucesso na ação.

Denilson Martins finalizou afirmando que está agendando uma reunião com o secretário de Governo, Odair Cunha, para a tratativa desse tema, a nomeação de excedentes, promoções e progressões, bem como das publicações de benefícios dos servidores da PCMG, que se encontram em atraso.