Mobilização para a AGE em Divinópolis

Mobilização para a AGE em Divinópolis: Direção do Sindpol/MG visita departamento de Divinópolis, se reúne com a categoria e fortalece a mobilização

Na tarde da última segunda-feira (24/08), a direção do Sindpol/MG em mais uma das centenas de atividades pela mobilização da grande AGE do dia 28 de agosto, próxima sexta-feira, se reuniu com os policiais da região e esclareceu dúvidas e questionamentos sobre a conjuntura, lutas e projetos de interesse da categoria que serão debatidos na Assembleia Geral Extraordinária.

O presidente Denilson Martins ratificou que a realização da assembleia é fruto das reivindicações da base de toda a categoria policial que querem e merecem respostas efetivas do novo governo, da administração superior da PCMG, do próprio sindicato acerca das pautas e reivindicações legítimas da classe policial, resultantes das lutas da base. Trata-se de um mecanismo natural e um instrumento legítimo das entidades sindicais quando querem deliberar de forma unificada, temas e propostas de interesses da categoria por elas representadas, e com o Sindpol/MG não é diferente, ao longo de nossa história para alcançarmos as conquistas, direitos e benefícios que hoje temos, e que precisamos manter e ampliar, só podemos fazê-los por meio dessas mobilizações e deliberações capitaneada pelo sindicato. O presidente disse que tem percebido boa vontade do governo e seus setores, porém é real a escassez de recursos financeiros e orçamentários, mas que em médio e longo prazo isso tem sido equacionado na fala de interlocutores do governo, motivo pelo qual nossa categoria precisa se organizar e planejar a melhor forma de reivindicar nossas pautas perante o Executivo e a sociedade, para os períodos atuais e futuros, sob pena de sermos deixados para segundo plano ou sendo preteridos na escala das prioridades.

Denilson Martins deixou bem claro que há diálogo com o governo, mas precisamos de respostas formais e oficiais com prazos, cronogramas e propostas efetivas, pois é assim que se transige e negocia no mundo político e no serviço público.

Os dirigentes locais representados pelo Dr. Joaquim, inspetor Cláudio Pinto e pela investigadora Patrícia, se comprometeram a organizar o transporte e demais equipamentos necessários para o deslocamento dos policiais até a Assembleia Geral, sendo todos os gastos custeados pelo orçamento do Sindpol/MG, conforme programação e planejamento.