Salário parcelado por 3 meses

31 de Março de 2016

Estado divulgou manutenção da planilha de pagamento e não descartou que modelo siga por até um ano

Publicado por Danilo Emerich e Ana Paula Pedrosa, em O Tempo

O governo de Minas Gerais decidiu manter o salário parcelado e escalonado dos servidores pelos próximos três meses. A escala de pagamentos dos vencimentos dos cerca de 634mil funcionários públicos de abril, maio e junho foi divulgada ontem pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e desagradou aos sindicatos, que sinalizam manifestações e até mesmo greve.

O parcelamento e o escalonamento são adotados desde fevereiro. Quem ganha até R$ 3.000 – 75% do funcionalismo – recebe integralmente no quinto dia útil de cada mês. Os que recebem de R$ 3.001 a R$6.000 têm o salário parcelado em duas vezes. Quem tem vencimentos de R$ 6.001 ou mais recebe em três parcelas.

O argumento do governo para manter a forma de pagamento é que o balanço orçamentário dos últimos meses se complicou ainda mais em relação ao início do ano. Segundo o secretário de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, não há como estabelecer previsão de mudança para os próximos seis meses ou um ano, devido à crise econômica. “Temos observado, infelizmente, que nossa previsão orçamentária mais pessimista está se confirmando. Não tivemos nenhuma melhoria, pelo contrário, em algumas semanas, a arrecadação foi pior que a do mês anterior e abaixo da receita apurada no ano passado. Estamos vivendo um cenário político e econômico muito complexo. Todo nosso esforço é para manter esse cronograma de pagamento”, afirmou Magalhães.

jornal O Tempo de 31/03/16

 

Fonte: O Tempo