Saúde feminina

Saúde feminina: Sindpol/MG adere a campanha do Outubro Rosa

O Sindpol/MG também aderiu à campanha do Outubro Rosa com o intuito de alertar as nossas filiadas, colaboradoras e parceiras da importância da prevenção, pois é se prevenindo que aumentam as chances de cura do câncer de mama.

Segundo o presidente do Sindpol/MG Denilson Martins, a campanha do Outubro Rosa é importante como forma de alerta a todas as mulheres. “É necessário se cuidar, fazer os exames regularmente e consultas médicas periódicas, o câncer quando descoberto no início aumentam as suas chances de cura”, pontuou.

Essa campanha é internacional, as nações estão preocupadas em alertar as mulheres acerca do câncer de mama e sua prevenção. Para conhecer mais sobre a história do Outubro Rosa clique aqui.

Preocupados com isso, o Sindpol/MG entrevistou a médica cirurgiã geral e mastologista Dra. Kerstin Kapp Rangel.

Sindpol/MG: O que é o câncer de mama?

Kerstin: É uma proliferação descontrolada das células do epitélio mamário devido à falha dos mecanismos de detecção e correção dos erros ocorridos durante a divisão celular.

S: Quais os sintomas mais comuns dessa doença?

K: Não existem sintomas específicos. A mulher com câncer de mama não sente nada. Mas, alguns sinais na mama devem chamar a atenção: abaulamentos, retrações, alteração de tamanho, alterações da pele, presença de secreção no mamilo, nódulos palpáveis não-dolorosos na mama ou axila. 

S: Como se prevenir?

K:Não existe uma vacina contra o câncer de mama! Não temos como prevenir o seu aparecimento. A principal arma na prevenção consiste da detecção precoce. A detecção precoce é possível através de mamografia anual após os 40 anos, exame clínico anual (por médico especializado) e o autoexame mensal. Toda mulher deve conhecer o seu corpo e as suas mamas. Se observar algo diferente do habitual deverá procurar o seu médico. 

S: Quais as opções de tratamento dessa doença?

K: Na maioria dos casos o tratamento do câncer de mama evolve três etapas: cirurgia, tratamento sistêmico (através de quimio ou hormonioterapia) e radioterapia. A indicação e a ordem das diferentes etapas do tratamento é individualizada para cada caso. 

S: Qual a importância da campanha outubro rosa?

K: O outubro rosa é uma campanha mundial para conscientizar a população, em especial as mulheres, sobre a importância da prevenção para o diagnóstico inicial da doença. Difundir informações sobre o assunto permite desmitificá-lo e diminuir aos poucos o medo do diagnóstico. Diagnosticando o câncer de mama no início ele pode ser tratado e curado!

 

A campanha em Minas

Já em Minas Gerais o Instituto Mário Penna faz adesão à campanha há algum. A campanha trata da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama e estimula a interação da sociedade com o tema, promovendo conscientização e debate.

Neste ano, o mote é: “Não conte com a sorte”. Na abordagem, o IMP adverte sobre a grande probabilidade do desenvolvimento do câncer de mama em 1 em cada 12 mulheres ao longo da vida. Faz também um contraponto entre coisas com pouca probabilidade de acontecer e que as pessoas acreditam e investem, e coisas com grande probabilidade de acontecer e as pessoas não dão importância.

De acordo com a Gerente de Marketing e Relacionamento do Instituto Mário Penna, Karina Pongelupe, o mês de outubro é um marco para o tratamento de câncer em todo o mundo e, em Minas Gerais, o IMP levanta essa bandeira desde 2013. “Durante o ano, promovemos campanhas de prevenção, mas o mês de outubro é, sem dúvida, o de maior alcance. Com a credibilidade do Instituto, esperamos contar com a parceria dos veículos de comunicação para introduzirmos debate e informação acerca do tema, que é de utilidade pública. Este é o momento em que toda a sociedade, de alguma forma, participa da luta contra o câncer”, relata.

Karina Pongelupe disse que no primeiro dia de campanha todas as vagas para mamografia no IMP, no mês de outubro, esgotaram. “Para esse mês esgotaram, mas temos vagas o ano inteiro. É necessário que as mulheres compreendam que esse exame é realizado durante todo o ano, não apenas em outubro. Outras instituições renomadas também realizam esse exame”, afirmou.

A gerente de marketing do IMP alerta também para mensagens que estão circulando no WhatsApp afirmando que o exames são gratuitos, de acordo com ela a mamografia é realizada em pacientes do SUS mediante apresentação de carteira de atendimento, assim como pessoas que apresentam a carteirinha do plano de saúde, e para quem não apresenta nenhum dos dois precisam pagar pelo exame.

Fontes: Outubro Rosa

Instituto Mário Pena