Sindpol/MG luta por reconhecimento de trabalho de delegados do interior do estado

10 de Abril de 2018

A direção do Sindpol/MG recebeu, nesta segunda-feira (10/04), a visita dos delegados Rodrigo Bittar e Marcos Fernando Moreno, da regional de São Sebastião do Paraíso. Os mesmos desde 2013 pleiteiam o reconhecimento de relevantes serviços prestados e do ato de bravura em salvar a vida de uma vítima de latrocínio tentado.

O fato foi amplamente divulgado e reconhecido pelas autoridades locais, porém tramita a mais de cinco anos através de sindicância oriunda na corregedoria, e agora no Conselho Superior de Polícia. Os acusados já foram julgados e condenados a uma pena superior a vinte e um anos, e os operadores de segurança até o presente momento não foram contemplados com indicação a promoção por ato de bravura.

O Sindpol/MG através da sua direção está reivindicando a celeridade e atendimento ao pleito dos filiados, dado o impacto positivo que essa medida trará ao conjunto dos policiais lotados no interior, em áreas de difícil provimento e também por ser justo e merecido.

O vice presidente, Antônio Marcos Pereira “Toninho Pipoco”; o diretor administrativo, José Maria de Paula “Cachimbinho” e o presidente licenciado, Denilson Martins, incentivaram os policiais a continuarem perseverantes no fiel comprimento das suas atribuições a despeito das dificuldades e adversidades impostas pela falta de efetivo, alta demanda por atendimento vinda da sociedade, desafios para a realização do trabalho integrado e em equipe dentro do macro sistema de justiça criminal e segurança pública, circunstâncias que a direção do sindicato conhece de perto, através das inúmeras vistas técnicas e inspeções sindicais realizadas naquela região.

Sindpol/MG, sindicato ético, de luta e de resultados.

Veja sentença condenatória dos criminosos

Veja nota de elogio