Sindpol/MG oficia governador contra tratamento diferenciado e requerendo auxílio-alimentação para policiais

5 de Abril de 2018

Em reação ao ato discriminatório do governador Fernando Pimentel em não estender o efeito da Resolução COF Nº 01, de 04 de abril de 2018, sobre o auxílio-alimentação, para grupos de atividade do Poder Executivo, excluindo os policiais civis, militares e corpo de bombeiro militar, fato que já foi alertado em reuniões da Intersindical.

A direção do Sindpol/MG oficiou o governador para que o mesmo reveja seu posicionamento, estendendo o benefício aos operadores de Segurança Pública.

O presidente Denilson Martins, desde que tomou conhecimento da referida resolução, tem se articulado, através de contatos nos canais hierárquico do Governo do Estado, no sentido de alertar sobre a gravidade da referida matéria e da necessidade de reversão do ato, com vistas a alcançar a todo o conjunto do funcionalismo.

Veja o ofício.