Sindpol/MG realiza posse da nova diretoria do interior

15 de abril de 2019

O Sindpol/MG realizou, em sua sede, na manhã de hoje (15/04), a posse da nova diretoria do interior, chapa ‘Segurança Pública Segura’, regional de Governador Valadares; ‘Vanguarda Sindical Norte Mineira’, regional de Montes Claros; ‘Valorização e Dignidade’, regional de Pouso Alegre; e a chapa ‘Renovação Participativa’, regional de Juiz de Fora; que foram eleitas em 01/04/2019.

As eleições das chapas do interior aconteceu no dia 01 de abril em todas as regionais.

O presidente do Sindpol/MG José Maria de Paula “Cachimbinho” parabenizou os novos diretores e frisou algumas conquistas junto ao Governo do Estado, e disse também que esse será um ano de trabalho árduo e de muita luta.

O deputado estadual Coronel Sandro, que também participou da solenidade, parabenizou a nova diretoria, e disse que a representação sindical é muito importante para ajudar os deputados com as demandas da categoria, e se colocou à disposição do sindicato para as pautas da PCMG.

O vice-presidente Marcelo Armstrong parabenizou os novos diretores do interior e ponderou a importância da união de todos. “Devemos nos unir, pois esse ano será de muito trabalho e precisamos do apoio de todos para defendermos os nossos direitos”.

O gerente do departamento jurídico Ismael Fernandes falou que o Sindpol/MG não mede esforços para melhor atender os seus filiados, e parabenizou a nova direção. Ele pontuou também o empenho dos advogados nas causas dos filiados.

Já o diretor de assuntos do interior Mário Antônio dos Santos disse que irá trabalhar em prol de uma política sindical melhor, e se colocou à disposição dos novos diretores do interior.

Os diretores parabenizaram a nova direção do interior, e frisaram que esse será um ano de muito trabalho, lutas e conquistas para a categoria.

Estratégias de trabalho

Os novos diretores se reuniram no período da tarde, para discutirem as estratégias de trabalho, cumprimento das propostas de campanha e a pauta da categoria.

O vice-presidente Marcelo Armstrong falou sobre os avanços nas negociações com o Governo do Estado com relação às pautas reivindicatórias da categoria. De acordo com ele, o governador Romeu Zema ficou de apresentar um cronograma sobre a recomposição das perdas inflacionárias, que hoje é de 27%, no segundo semestre.

Segundo Marcelo Armstrong, há também um estudo jurídico sobre a readequação da matriz salarial dos cargos de 3º grau e, além disso, a direção já iniciou um diálogo com a Chefia da Polícia Civil para diminuir o tempo da promoção por tempo de serviço de oito para cinco anos, a revisão da Lei Orgânica da Polícia Civil (LOPC 129/2013), e também a regulamentação do risco de contágio, que já foi judicializada.

O diretor administrativo Antônio Marcos Pereira (Toninho Pipoco), falou sobre a PEC 06/2019 (Reforma da Previdência), que a luta está sendo travada, sendo que o texto da Reforma, que beneficia apenas as Forças Armadas, esquecendo os demais operadores da Segurança Pública. “Temos que lutar para garantirmos o nosso direito de aposentadoria”, afirmou.

José Maria ponderou sobre as conquistas do Sindpol/MG em prol da categoria, e disse que o sindicato está à disposição de todos.