SINDPOL/MG marca presença no II Congresso da Coordenação Intersindical.

SINDPOL/MG marca presença no II Congresso da Coordenação Intersindical

II_congresso_intersindical.jpg
A Diretoria do SINDPOL/MG, por meio de seus diretores, teve participação ativa no II Congresso da Intersindical, onde temas de fundamental importância para o servidor público e suas entidades de classe representativas, como: Assédio Moral, aposentadoria, imposto sindical, política salarial e concurso público dentre outros, foram discutidos. Um dos objetivos do congresso também foi traçar os planos de luta, esclarecer e atualizar o papel da Intersindical para cada entidade e, sobretudo, a votação para escolha dos novos coordenadores da Intersindical.

O Congresso teve abertura com a palavra do presidente do SINDPOL/MG, Denílson Martins, onde reforçou a tese do que todo serviço público tem experimentado ao longo destes últimos oito anos, com a implantação do choque de gestão, deixando claro, que nesta gestão do governador Anastásia, teremos que lutar muito pela manutenção de direitos e pela busca de valorização, pois este modelo não contempla e nem respeita os direitos dos trabalhadores. O presidente concluiu, dizendo que a administração pública é uma ficção jurídica, ela se materializa na ação dos seus operadores, ou seja, o serviço público é a razão de ser, o maior promotor do desenvolvimento social, em toda e qualquer sociedade. Por isso, é imperativo a unidade de ação de todos os seguimentos para que alcancemos a tão almejada valorização e reconhecimento.

Após dois dias de debate sobre os temas acima mencionados, os mais de 200 líderes sindicais, elegeram, por consenso, a nova direção da Coordenação Intersindical, além do plano de lutas e ações 2011/2014, estabelecendo a seguinte configuração:

  • A Coordenação passa ser compartilhada por três coordenadores (Geraldo Henrique do Sindpúblicos, Denílson Martins do SINDPOL/MG e Carlos Augusto da Asthemg/Saúde).

 

  • As entidades sindicais que compõem a Coordenação Intersindical mantém sua autonomia e legitimidade nas causas e ações específicas da base que representam.

 

  • A Coordenação Intersindical se posicionará na representação, perante o Governo e sociedade, de todas as matérias comuns elencadas no plano de lutas e ação aprovados neste congresso.

 

  • A Coordenação ficou responsável por elaborar e formalizar o estatuto e regimento interno para os trabalhos da Coordenação, com instância de representação e atuação das entidades sindicais em Minas Gerais.

 

  • A Executiva da Coordenação Intersindical passa a conter oito entidades e as demais secretarias especiais.

 

  • Ficou estabelecido e aprovado o plano de lutas e ações, cujo primeiro ato se dará em abril.

Os trabalhos do congresso foram encerrados às 14h00min, deixando a mensagem de valorização a ser perseguida e alcançada por todos os membros das entidades participantes.
Estiveram presentes os seguintes representantes do SINDPOL/MG: o Presidente, Denílson Martins, o Diretor Regional – Juiz de Fora, Marcelo Armstrong, o Secretário Geral, Cláudio de Souza, a Diretora de Assuntos da Mulher, Nancy Ferraz, o Diretor Jurídico, Christiano Xavier, o Diretor de Assuntos do Interior, Geraldo Chaves, Relações Públicas, Francisco Guimarães e o Conselheiro Fiscal Eder Lauar. A cobertura do evento foi realizada pelo cinegrafista Chileno e a jornalista Renata de Queiroz e será tema da próxima edição do programa Segurança e Cidadania.

 

Entidades participantes:

SINDPÚBLICOS
SINDPOL/MG
SISIPSEMG
SINJUZ
SINTDER
SINFAZ
SINDEPOMINAS
SINDASP
ASCAM
UNSP
ASCAM
ADEPOLC
ASTHEMG
ASSIMA

 

Veja as fotos do evento