Sindpol/MG realiza Assembleia Geral Extraordinária da categoria

27 de Abril de 2016
Presidente do Sindpol/MG Antônio Marcos Pereira "Toninho Pipoco" apresentou os pontos de pauta a serem discutidos e deliberados pela categoria

O Sindpol/MG realizou na tarde dessa quarta-feira (27/04), no pátio da ALMG, a Assembleia Geral Extraordinária (AGE) da categoria, para discutir o PLC 257, a agenda do Sindpol com o Governo e os rumos da relação da categoria com o Executivo Estadual.

O presidente do Sindpol/MG Antônio Marcos Pereira “Toninho Pipoco” inverteu a ordem da pauta e iniciou falando a respeito da negociação do sindicato com o Governo, deixando claro que há diálogo com o mesmo, o que jamais aconteceu nos governos anteriores, e por isso, greves foram necessárias para que a categoria fosse ouvida. “O Sindpol/MG há anos luta por melhorias na Polícia Civil, conquistamos muitas coisas nos governos anteriores através de greve e colocando a ‘cara para bater’, porque não havia diálogo e nem uma verdadeira mesa de negociação, a Polícia Civil sempre foi colocada de lado. Com o Governo atual temos um espaço aberto para o conversa e negociação, conseguimos levar os problemas da categoria, mas cobramos também uma solução para o mesmo, e é isso que esperamos do Executivo Estadual”, afirmou.

O presidente do Sindpol/MG fez a leitura do ofício encaminhado pela Seplag, na pessoa do secretário Helvécio Magalhães, e abriu os debates para reflexão por parte dos membros da diretoria, lideranças e demais filiados que se inscreveram para fazer uso da palavra. (Ofício Seplag).

Os dirigentes sindicais do interior também expuserem a impressão que tiveram em relação ao Governo atual e a forma que os mesmos são tratados quando levam os problemas de sua região até os mesmos, de forma unânime, todos os sindicalistas disseram o mesmo, que são bem recebidos e conseguem manter um diálogo com o Executivo Estadual, na medida do possível a despeito do quadro de desestruturação e sucateamento encontrado em janeiro de 2015.

Feitas essas considerações o diretor executivo secretário geral Cláudio de Souza Pereira, atendendo à solicitação do presidente Toninho Pipoco, submeteu a votação dos presentes e o encaminhamento do primeiro ponto da pauta, a relação da entidade e da categoria com o Governo perante as reivindicações encaminhadas:

A categoria deliberou, por unanimidade, acolher a proposta do Governo de formação de grupo de trabalho para análise e elaboração de anteprojeto de lei reestruturando cargos e salários da Instituição, na forma do ofício encaminhado pelo secretário de Planejamento e Gestão;

No tocante ao segundo ponto de pauta do PLC 257 a categoria deliberou pela manutenção da mobilização contrária e rechaço total ao referido projeto, não só aqui no Estado, com a possível adesão do Governo, mas também em Brasília, participando de todas as ações pela rejeição dessa referida matéria.

Concluída essas deliberações também ficou efetivado que a direção do Sindpol/MG deverá intensificar no diálogo institucional com o Governo, no sentido de atendimento às demandas da categoria representada pelo sindicato.

O presidente Antônio Marcos Pereira “Toninho Pipoco”, na conclusão dos trabalhos, também informou aos presentes os posicionamentos do sindicato no tocante a propositura da ação pelo restabelecimento do pagamento do 5º dia útil, a exemplo do que foi feito por outras entidades. Ele disse que a ação foi ajuizada na última quarta-feira, e que espera que tal medida requerida maciçamente pela categoria não prejudique o andamento das negociações com o Governo, que deverá ser feito na forma Institucional, como já dito. “Toninho Pipoco” afirmou que o Sindpol/MG, sob sua direção, não flexibilizará na defesa imperiosa dos direitos e garantias dos filiados e de nossa categoria, a exemplo do que sempre foi feito pelo presidente licenciado Denilson Martins, e que o sindicato continuará seguindo com coerência o seu o lema, “sindicato ético, forte, de luta e de resultado”, nada mais havendo, deu por encerrados os trabalhos e solicitou ao secretário geral Cláudio Pereira que lavrasse ata e publicasse nos meios de praxe. Agradecendo a todos pela presença e participação, despediu-se finalizando a AGE.