Sindpol/MG realiza reunião com departamento jurídico e traça estratégias para 2017

1 de fevereiro de 2017

O Sindpol/MG realizou, na última sexta-feira (27/1), uma reunião com todo corpo jurídico do sindicato – tanto da capital quanto do interior – para fazer um balanço de 2016 e uma projeção para esse ano. Participaram também os diretores regionais, juntamente com os advogados que atendem no interior.

Segundo o presidente do Sindpol/MG Denilson Martins, a intenção dessa reunião, além da interação entre os advogados, foi de melhorar o atendimento aos filiados.

Os advogados da sede de BH mostraram a evolução e conquistas em ações dos últimos 13 anos, constatando muitos êxitos em boa parte, inclusive com reversões de demissões, revisão de promoções, gratificações, dentre outros benefícios. Já os do interior também falaram acerca das dificuldades enfrentadas pelos policiais e das conquistas das ações.

Os diretores José Maria de Paula “Cachimbinho”, Geraldo Chaves e o gerente do departamento jurídico Dr. Rodrigo Dumont, contaram um pouco da história do sindicato, os desafios enfrentados e superados pela entidade, em seguida abriram espaço para sanar dúvidas e ouvir sugestões dos juristas.

O Sindpol/MG é o maior sindicato de polícia do Brasil, já atravessou as fronteiras de Belo Horizonte e está espalhado pelas principais regiões da imensa Minas Gerais, através das suas subsedes e dedicação de seus diretores regionais. As subsedes também contam com atendimento Jurídico, são elas: Juiz de Fora, Montes Claros, Pouso Alegre, Divinópolis, Uberlândia e Governador Valadares, os policiais civis, filiados, dessas regiões estão amparados por vários advogados especializados.

Com a palavra o presidente Denilson Martins acrescentou a importância da capacitação permanente e do aprimoramento profissional de todo o corpo jurídico; falou do calendário de cursos que serão desenvolvidos pelo escritório de Dr. César Brito e Bruno Reis, em conjunto com a comissão de Direito Sindical da OAB, para formação e capacitação do jurídico. Esses cursos e seminários serão em fins de semana, fora do expediente, para que assim possa garantir a participação de todos, essas capacitações serão devidamente certificadas pelos órgãos e autoridades competentes, tudo para melhor servir e atender o nosso filiado, principal razão do trabalho do sindicato. Prosseguindo o presidente também falou da necessidade de fortalecer a defesa institucional do sindicato através de ações de proteção jurídica contra aos ataques injustos e injuriosos de segmentos menores, mal intencionados em minar os bons serviços prestados pelo sindicato, e cada diretor deve, por direito, orientar o seu corpo jurídico para a tomada de providência cabível em cada um desses casos, individual e coletivamente, e isso deve começar analisando as redes sociais e demais plataformas de comunicação, a exemplo do que já está fazendo o próprio presidente, e todo apoio será dado para as medidas no escopo da comissão de ética, da seara administrativa, junto a corregedoria de polícia, bem como junto ao Poder Judiciário.

O presidente concluiu agradecendo a presença de todos e reforçou o compromisso de estender toda e qualquer valorização conquistada para a categoria, também aos funcionários colaboradores, em especial aos advogados, e que a próxima meta dessa direção é investir em uma política de valorização permanente para os colaboradores, através de um plano de cargos e salários, mas que tal medida se condiciona a melhora do quadro econômico, que afeta o Governo e a nossa instituição sindical, “melhorou o atendimento ao filiado, alcança-se conquistas junto ao Governo, melhora-se o salário do policial, aumenta-se o número de filiações, o que reflete em possibilidade de melhoria salarial e condições de trabalho para o conjunto de funcionários”, afirmou Denilson.

Sindpol/MG, sindicato ético, de luta e de resultados.