Sindpol/MG se reúne com chefia de Polícia

6 de janeiro de 2016

Sindpol/MG se reúne com chefia de Polícia

Na reunião foram discutidos tópicos em pauta desde o ano passado

A diretoria do SINDPOL/MG, juntamente com os representantes do SINDEPOMINAS, SINDEP e AESPOL, se reuniram ontem (05/01), na Cidade Administrativa, com a Chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, Dra. Andrea Vacchiano, para debater assuntos de interesse de toda a categoria Polícia Civil.

Na reunião foram discutidos tópicos em pauta desde o ano passado, como: TCO, promoções, progressões em atraso; convocação dos investigadores, lei orgânica e assuntos gerais, demonstrando a iniciativa da chefia em manter uma comunicação mais eficiente com as representações legítimas da classe policial. A Chefe de Polícia foi muito questionada em relação aos possíveis atrasos no pagamento dos servidores. A mesma disse que, ainda precisam se reunir com o governo para se posicionar a respeito.

Dra. Andrea afirmou que a convocação dos 1.080 aprovados no concurso de investigador 2014, está programada para ser divulgada nos próximos dias. Assim, a PCMG está preparando o cronograma de nomeação, posse e matrícula no curso de formação policial, com perspectiva de início após o carnaval. Vacchiano disse que, “a instituição criou uma nova metodologia de ensino para esses alunos”, atendendo a reivindicações das próprias entidades de classe, o que capacitará o policial a ter um treinamento diferenciado e eficiente.

O presidente Denilson Martins parabenizou a chefe da Polícia Civil pela iniciativa de convocar as entidades de classe para essa reunião de trabalho, elogiou a gestão pela agilização das promoções por tempo de serviço e progressões, que se encontrava em atraso, o que muito inquieta toda a categoria, e também destacou os assuntos de maior temeridade como a transferência de TCO, ciclo completo e atrasos na folha de pagamento, que não tem em hipótese alguma aceitação da categoria representada pela base do Sindpol/MG, e disse que, independentemente das justificativas do Governo para tais medidas, o movimento sindical tem liberdade e autonomia de defender as teses e os direitos dos filiados e de toda a categoria, e cientificou a chefe e ao Conselho, que naturalmente o Sindpol/MG tem que fazê-lo dentro da legalidade e dos costumes do movimento sindical, e gostaria da compreensão da Administração Superior da Polícia. O presidente finalizou agradecendo a chefia pela intervenção junto ao governador e a Seplag no tocante a convocação dos investigadores do último concurso.

Participaram da reunião o presidente do Sindpol/MG, Denilson Martins, vice Toninho “Pipoco”, diretor administrativo José Maria “Cachimbinho”, diretor de assuntos dos escrivães Wellington Kallil, diretor do departamento jurídico Geraldo Chaves e secretário geral Claudio Pereira. Além da vice-presidente do Sindepominas Dra. Miriam de Oliveira Galuppo e Diretor do SINDEP, Paulo Fernando. Após a reunião, os dirigentes sindicais definiram por reunirem na manhã desta quarta-feira (06/01) para deliberarem sobre assuntos pertinentes a categoria e que não podem esperar.